sábado, 27 de fevereiro de 2016


27 de Fevereiro - Motivos "puros"
"Examinamos as nossas ações, reações e motivos. Por vezes descobrimos que temos estado a fazer melhor do que nos temos sentido."

Imaginem um livro de meditações diárias com este tipo de mensagem: "De manhã, quando acordares, antes de te levantares da cama, pára para refletir. Deita-te, reúne os teus pensamentos, e considera os teus planos para o dia. Um a um, verifica os motivos por detrás desses planos. Se os teus motivos não forem inteiramente puros, vira-te para o outro lado e volta a dormir." É um disparate, não é? Não importa há quanto tempo estamos limpos, quase todos nós temos motivos diferentes por detrás de tudo o que fazemos.
Isso não é contudo razão para deixar as nossas vidas em suspenso. Não temos de esperar que os nossos motivos se tornem completamente puros para começarmos a viver a nossa recuperação. A medida que o programa vai entrando nas nossas vidas, começamos a atuar menos sobre os nossos motivos mais questionáveis. Fazemos regularmente um exame a nós mesmos e falamos com o nosso padrinho ou madrinha sobre o que encontramos.
Rezamos pelo conhecimento da vontade do nosso Poder Superior para nós e procuramos as forças para agir conforme o conhecimento que nos é dado. O resultado? Não nos tornamos perfeitos, mas a verdade é que melhoramos. Iniciamos a prática de um programa espiritual. Nunca iremos tornar-nos gigantes espirituais, mas se olharmos realisticamente para nós próprios, se calhar vamos aperceber-nos de que temos estado a fazer melhor do que nos temos sentido.

Só por hoje: Vou olhar para mim de forma realista. Vou procurar a força para agir nos meus melhores motivos, e para não atuar sobre os piores.

Jovens da área de saúde se reúnem em Brasília para curso de formação de novas lideranças em HIV/Aids

 AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA
Ao todo foram selecionados 40 jovens. “A juventude é fundamental para a luta que o Brasil e mundo travam contra a epidemia de HIV/Aids. Cidadania e direitos humanos contribuem para o pleno alcance do desenvolvimento”, destacou o representante do UNFPA no Brasil, Jaime Nadal.
Jovens se reúnem em Brasília para o 3º Curso de Formação de Novas Lideranças das Populações-chave Visando o Controle Social do Sistema Único de Saúde. Foto: UNFPA/Mariana Tavares
Jovens se reúnem em Brasília para o 3º Curso de Formação de Novas Lideranças das Populações-chave Visando o Controle Social do Sistema Único de Saúde. Foto: UNFPA/Mariana Tavares
Teve início nesta terça-feira (23) a terceira edição do “Curso de Formação de Novas Lideranças das Populações-chave Visando o Controle Social do Sistema Único de Saúde” no âmbito do HIV/Aids, evento apoiado pelo Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) em parceira com o Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde e com três agências ONU: UNAIDS, UNESCO e UNICEF.
Ao todo foram selecionados 40 jovens profissionais e estudantes que atuam na área da saúde e buscam ser protagonistas na resposta nacional à epidemia de HIV/Aids, fortalecendo a sociedade civil e a juventude.
O representante do UNFPA no Brasil, Jaime Nadal Roig, participou da mesa de abertura ressaltando a importância da abordagem sobre o direito à saúde sexual e reprodutiva como um importante recurso para o combate a epidemia de HIV/Aids.
“A juventude é fundamental para a luta que o Brasil e mundo travam contra a epidemia de HIV/Aids. Cidadania e direitos humanos contribuem para o pleno alcance do desenvolvimento. O UNFPA se sente muito honrado em fazer parte de uma iniciativa como esta, voltada para jovens lideranças”, destacou Nadal.
Georgiana Braga-Orillard, diretora do UNAIDS no Brasil, afirmou que o debate sobre HIV/Aids com a juventude precisa mudar. “Nós precisamos saber falar com a juventude de hoje. Passamos 30 anos falando com a juventude de tempos atrás, mas hoje é diferente. Esta iniciativa é uma possibilidade de estreitar essa relação com os jovens.”
Para Fábio Mesquita, diretor do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais, essa é mais uma edição do curso que busca engajar a juventude em uma tema de interesse da população jovem, bem como do governo. “Com uma epidemia que cresce a cada dia entre jovens, dar espaço para o protagonismo juvenil está entre as principais ações de combate”, disse. “Este evento não seria possível sem a parceria das agências da ONU. Ficamos gratos como apoio e a parceria com o UNFPA.”
Afim de dar visibilidade aos jovens, o curso conta com a presença de participantes das edições passadas do curso como palestrantes. O Curso de Formação de Novas Liderança ocorre entre os dias 23 a 27 de fevereiro.

Quem somos

Minha foto
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro - RJ, Brazil
Trabalhos voltados à Atenção Primária, Secundária e Acessoria em Dependência Química. E-Mail:dubranf@gmail.com

Drogas

Loading...

Pesquisar este blog

Como você vê a dependência química?

Arquivo do blog

Bibiliografia Sugerida

  • Alcoólicos Anôninos (Livro Azul)
  • Isto Resulta - Como e Porque (NA)
  • Viver Sóbrio

Beautiful Pictures of Campfires

Filmografia Sugerida

  • 28 Dias
  • Bicho de sete cabeças
  • Despedida em Las Vegas
  • Quando um Homem ama uma Mulher

PARA QUE ISSO?

PARA QUE ISSO?
A imagem diz tudo

LUTO

LUTO
A CIDADE ONDE NASCI FOI DESTRUIDA, MAS AINDA TÁ LÁ.