terça-feira, 23 de fevereiro de 2016


23 de Fevereiro - Mensagens e mensageiros
"0 anonimato é o alicerce espiritual de todas as nossas tradições, lembrando-nos sempre a necessidade de colocar os princípios acima das personalidades."



A 12ª Tradição lembra-nos da importância de colocar "os princípios acima das personalidades". Nas reuniões de recuperação isto pode ser lido de outra forma: "não tires o inventário ao mensageiro". Muitas vezes confundimos a mensagem com o mensageiro e ignoramos o que alguém tem para partilhar numa reunião, por termos conflitos de personalidade com essa pessoa. Se estamos a ter problemas com o que certa pessoa tenha para partilhar, poderemos querer procurar a orientação do nosso padrinho ou madrinha.
O nosso padrinho ou madrinha pode ajudar-nos a concentrar no que esteja a ser dito, em vez de na pessoa que estiver a dizê-lo. O nosso padrinho ou madrinha pode também ajudar-nos a lidar com os ressentimentos que poderão estar a impedir-nos de reconhecer o valor da experiência de recuperação de determinada pessoa. É espantoso o quanto podemos retirar mais das reuniões quando nos permitimos seguir a sugestão da nossa 12ª Tradição, concentrando-nos nos princípios de recuperação em vez de nas personalidades.

Só por hoje: Vou praticar o princípio do anonimato na reunião de NA. Vou concentrar-me na mensagem de recuperação e não na personalidade do mensageiro.

Quem somos

Minha foto
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro - RJ, Brazil
Trabalhos voltados à Atenção Primária, Secundária e Acessoria em Dependência Química. E-Mail:dubranf@gmail.com

Drogas

Loading...

Pesquisar este blog

Como você vê a dependência química?

Arquivo do blog

Bibiliografia Sugerida

  • Alcoólicos Anôninos (Livro Azul)
  • Isto Resulta - Como e Porque (NA)
  • Viver Sóbrio

Beautiful Pictures of Campfires

Filmografia Sugerida

  • 28 Dias
  • Bicho de sete cabeças
  • Despedida em Las Vegas
  • Quando um Homem ama uma Mulher

PARA QUE ISSO?

PARA QUE ISSO?
A imagem diz tudo

LUTO

LUTO
A CIDADE ONDE NASCI FOI DESTRUIDA, MAS AINDA TÁ LÁ.